Wednesday, December 8A força da nossa voz!

Mesmo com tudo OK, Conselho atrasa registro do Santa Maria

A Associação Beneficente e Cultural Santa Maria está aguardando a emissão do Registro no Conselho da Assistência Social de Várzea Alegre há praticamente cinco meses para se consolidar como Instituição apta a receber recursos públicos para o desenvolvimento dos seus projetos. De acordo com a Vice Presidente da Associação, Dra. Ana Cláudia Guimarães, todos os requisitos necessários já foram cumpridos, faltando apenas a emissão do documento.

Fachada da Associação Santa Maria, que passou recentemente por um processo de revitalização.

Ana Cláudia reforçou que o Conselho da Assistência Social disse, em encontro realizado com a Diretoria da Associação, que haveria a necessidade de uma reunião com uma comissão do Ministério Público (MP). De acordo com Ana Cláudia, após contatos preliminares com o MP, não haveria essa exigência do MP, tendo em vista que o Conselho de Assistência Social é autônomo e, assim, é quem deveria decidir pelo registro.

Atraso prejudica projetos sociais

A população varzealegrense, carente de políticas públicas, necessita contar com a agilidade do poder público, seja em qual esfera for (federal, estadual ou municipal), para o rápido andamento processos que possam a vir favorecer a comunidade, contribuindo assim para o fortalecimento de ações que visem possibilitar amenizar o sofrimento da população, em especial da camada mais carente.

Não pode um impasse como este, em que já há quase cinco meses se aguarda a emissão de um documento por um órgão da Prefeitura. A Associação Santa Maria faz um trabalho de cunho social de suma importância para a população. Vive atualmente de doações de voluntários. Seus projetos partem da iniciativa de cidadãos que se dispõem a contribuir com a causa social, se doando de forma totalmente voluntária. Assim, um trabalho voltado para a causa social precisa ser valorizado e apoiado pelo poder público.

Espera-se que esse impasse seja resolvido o quanto antes, pois a Associação já tem promessas de disponibilização de recursos públicos para dar prosseguimento aos seus trabalhos e se consolidar como Instituição de assistência à população mais carente do município.

Michael Martins e Dra. Ana Cláudia Guimarães, dirigentes do Santa Maria

Demora na entrega pode ter cunho político

Entende-se que, no sistema absurdamente burocrático do Brasil, algumas questões sejam demoradas, mas o caso do Santa Maria pode ter outra conotação: a política. O fato é que, sendo liderada por Michael Martins (PP-CE), vereador de oposição, e Dra. Ana Cláudia, conhecida por diversas lutas travadas em favor da população, entende-se que o Governo Municipal possa estar atrasando ao máximo possível o registro do Santa Maria, tendo em vista que a associação tem preenchido uma lacuna importante de políticas sociais no município, tirando a centralidade na gestão.

Vale lembrar que o Santa Maria localiza-se nas dependências do antigo Hospital Santa Maria, cujo fechamento ainda provoca revolta e debates entre a população municipal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *