Friday, December 3A força da nossa voz!

Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Milton Santos: a geografia do Terceiro Mundo
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Milton Santos: a geografia do Terceiro Mundo

Como pensar o espaço que frequentamos, onde tecemos as mais diversas relações sociais cotidianas? Seria correto afirmar que o espaço geográfico minimiza ou amplia nossas possibilidades vivenciais? Como pensar uma geografia com um olhar voltado para o Terceiro Mundo? A globalização é um fenômeno positivo ou negativo? Tais questionamentos foram amplamente discutidos pelo prisma do pensador discutido nesta segunda-feira, o intelectual brasileiro, Milton Santos. Como convidado de honra em nossa bancada, Professor Dr. Leandro Lima, docente do IFCE Iguatu, na área de Geografia Humana, que de forma brilhante, ampliou horizontes com suas valiosas contribuições. Mas afinal de contas, quem foi Milton Santos? Homem negro, morador de um país periférico do hemisfério sul, geógrafo, escritor...
SWING FILOSÓFICO – Novembro azul e a saúde do homem
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Novembro azul e a saúde do homem

No Swing Filosófico desta segunda-feira, tendo como membro convidado da nossa bancada o Dr. Vitorino Júnior, grande médico varzealegrense, tratamos de um debate necessário, o Novembro azul, Mês Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, segunda maior causa de morte da população masculina que desenvolve neoplasia maligna (28,6%). Aliado a esse fenômeno, pesquisas realizadas pela Sociedade Brasileira de Urologia apontam que 51% dos homens nunca passaram por consultas com um urologista, profissional especialista do sistema urinário e de reprodução masculina. Grande parte dos tumores prostáticos levam cerca de 15 anos para atingir 1 cm3, por isso, alguns homens não apresentam sinais da doença durante toda a vida. Interessante levar em consideração que no início do processo de surgimento...
SWING FILOSÓFICO – O lado obscuro da lua: o racismo das relações sociais
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – O lado obscuro da lua: o racismo das relações sociais

Racismo: denominação dos comportamentos (sendo comportamento, demonstra intencionalidade no processo) discriminatórios e preconceituoso contra indivíduos e coletividades por conta da sua etnia e cor. Preconceito: conceitos ou juízos de valores formados de forma antecipada/prévia do assunto tratado, pautados pela inabilidade de analisar fatos e fenômenos a partir de um contato íntimo com o mesmo. Discriminação: trata-se da ação intencional ou omissão que resulte em tratamento diferenciado (inferiorizado) a indivíduos ou coletivos por conta de fatores como etnia, raça, cor da pele, sexo biológico, nacionalidade, origem étnica, orientação sexual, identidade de gênero, dentre outros. Segregação: processo de dissociação, afastamento de indivíduos e grupos, que resulta em perca do ...
SWING FILOSÓFICO – Toxicomania: o fracasso da relação com o outro
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Toxicomania: o fracasso da relação com o outro

Hoje vamos falar sobre toxicomania, ou simplesmente a relação de dependência biológica e psíquica a substâncias lícitas e ilícitas e mais recentemente, a medicamentos psicotrópicos para dar conta do processo vivencial humano, fenômeno cada vez mais comum, haja visto que o mito da eterna felicidade mostra-se ilusório, porém vendido como produto a pronta-entrega. Primeiro questionamento a ser realizado: seria a toxicomania o nosso próximo estágio evolutivo? Tal pergunta faz sentido quando vemos os dados acerca do consumo de substâncias químicas legalizadas: em 2018, anos antes da pandemia, a população brasileira utilizou cerca de 56,6 milhões de caixas de medicamentos para ansiedade e para dormir. Tais dados constam nas plataformas do SNGPC (Sistema Nacional de Gerenciamento de Produ...
SWING FILOSÓFICO – Michel Foucault: o grande ensaísta do social
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Michel Foucault: o grande ensaísta do social

Pensamos o mundo a partir de um recorte cada vez mais especializado, sem muito espaço para pensarmos a partir de perspectivas mais universalistas, que pense a ciência e o social de uma forma ampliada, sem o risco de um tecnicismo embrutecedor, que aliena o homem a pensar o mundo a partir de relações (trabalhistas, sociais, acadêmicas) simplistas e esvaziadas de sentido. O pensador desta segunda-feira é um dos maiores intelectuais do Século XX, que trabalhou ao longo da sua história assuntos relacionados a filosofia, história das ideias, teoria social, filologia, crítica literária, dentre outros. Trata-se de Michel Foucault, intelectual francês, um dos principais responsáveis por revolucionar o olhar sobre o homem e sobre o mundo no século passado. Nosso convidado de honra, o Mes...
SWING FILOSÓFICO – O empreendedorismo na escola como discurso aliado da necropolítica
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – O empreendedorismo na escola como discurso aliado da necropolítica

Empreender como ferramenta de superação das adversidades socioeconômicas, trata-se de um mito ou realidade? Qual o papel da educação nesse processo? Uma política de morte por parte do Estado, de eliminação total da alteridade, intitulada de necropolítica pelo pensador africano Achille Mbembe, faz parte desse processo? Essas foram apenas algumas das questões trabalhadas em nosso debate da segunda-feira, onde nossa banca foi ocupada pelo professor Dr. John Mateus Barbosa, docente dos cursos de nível superior do IFCE Campus Iguatu. Esmiuçando o conceito de empreendedorismo, percebemos que o conceito ganha força a partir da década de 1980, por meio de uma reorganização radical do sistema capitalista, que passou a ser denominada posteriormente de Neoliberalismo, acentuando de uma forma ...
SWING FILOSÓFICO – O Desejo da Economia e a Economia do Desejo: O Brasil e suas atuais (im)possibilidades
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – O Desejo da Economia e a Economia do Desejo: O Brasil e suas atuais (im)possibilidades

O programa desta semana ampliou o debate sobre Economia Doméstica, anteriormente realizado em nossa emissora, pensando questões fundamentais para analisarmos as nossas atuais impossibilidades, enquanto indivíduos e enquanto coletividade. Gerar lucro é o alicerce central do sistema capitalista, porém toda produção exige o consumo, senão é produção vazia, o pretenso lucro perde-se, cessam-se os investimentos nas atividades produtivas, e, consequentemente, o sistema entra em crise (talvez seu maior trunfo e eterno garantidor da sua existência). Trabalhar o Desejo da Economia e a Economia do Desejo, antes de mais nada, é pensar o consumo humano, que diga-se de passagem, não deve ser demonizado, haja visto que trata-se de uma atividade básica da vida humana, vital para a nossa condição ...
SWING FILOSÓFICO – Round 6: o retrato fiel do Capitalismo e da Sociedade do Espetáculo
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Round 6: o retrato fiel do Capitalismo e da Sociedade do Espetáculo

Vivemos na sociedade do espetáculo, já diria o pensador marxista francês Guy Debord, sendo que podemos definir o espetáculo como o conjunto das relações sociais que são mediadas pela imagem, acumulada ao longo dos anos de uma forma quase que irrestrita, para apreciação e consumo humano, semelhante a comida que nos alimenta, a água que bebemos ou o ar que respiramos.   Para compreendermos a função da imagem, basta observarmos o quanto cultuamos o recorte bonito da felicidade alheia, por meio das redes sociais e o quanto a vida privada, transformada no novo público, como afirma Zygmunt Bauman, nos excita e prende a nossa atenção, para algo presente cotidianamente em nós mesmos, a inaliável vontade de nos sentirmos vivos e sermos reconhecidos pelos nossos pares. Lembrando, para o n...
SWING FILOSÓFICO – Economia doméstica no contexto da pandemia
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – Economia doméstica no contexto da pandemia

Nesta última segunda-feira, dia em que a terra praticamente parou, por conta da paralisação das redes socais de Mark Zuckerberg (WhatsApp, Facebook e Instagram), estivemos reunidos em nossa bancada para discutir algo que paralisa a vivência de milhares de pessoas: a administração da vida cotidiana, a economia doméstica, no contexto da pandemia. Concordamos que devido aos elevados preços dos produtos alimentícios e da crescente inflação e ao contexto pandêmico, nossa luta diária direciona-se a sobrevivência. Isto é, economizar dinheiro, atualmente é um apontamento para um lugar de privilegio que cada vez menos pessoas possuem, também servindo como sinalizador para a necropolítica cometida diariamente em solo nacional. Percebe-se, como apontado pelas pesquisas do Instituto de Pesq...
SWING FILOSÓFICO – A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais: duas faces de uma mesma moeda
Colunistas, Swing Filosófico

SWING FILOSÓFICO – A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais: duas faces de uma mesma moeda

Inicio esse texto, afirmando de antemão que um fato/fenômeno pode ter diferentes interpretações, dependendo do ponto de vista pelo qual é analisado. Isto clarifica o entendimento de que interpretamos o mundo a partir de nossa subjetividade, construção sócio-histórica e cultural. A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais são produções do diretor Muricio Eça, com a dupla de roteiristas Ilana Casoy e Raphael Montes, que interpretam, a partir dos autos do processo, um dos crimes mais midiáticos do Brasil, o caso Suzane Von Richthofen, que, juntamente com os irmãos Daniel Cravinhos e Cristian Cravinhos, orquestraram e assassinaram dos pais da mesma, Manfred e Marísia von Richthofen. Como são baseados nos depoimentos e na visão dos autores acerca do ocorrido, recomendo...